Vitaminas Sexuais? Isso existe mesmo?

Que a alimentação tem influência sobre diversos órgãos e sistemas do nosso corpo, já sabemos. Somos bombardeados o tempo todo a respeito de dietas boas para o coração, para a circulação, pele e cabelos e muitas outras. Mas, será que você já pensou que os nutrientes provenientes da alimentação podem modificar até mesmo sua vida sexual?

Esse é o assunto do nosso artigo de hoje. Vem comigo e eu vou explicar o assunto em detalhes pra não restar nenhuma dúvida no final.

Conceitos Gerais

Bom, precisamos lembrar algumas coisas antes do assunto principal. Como já vimos anteriormente aqui no blog, os nutrientes, vitaminas e minerais, agem em praticamente todos os processos que ocorrem em nosso corpo. 

Sua ação pode ser por estímulo na produção de alguma substância, ou na ativação de alguma reação e por aí vai. É importante relembrarmos esses conceitos para entendermos melhor os que virão a seguir. Em resumo: as vitaminas e minerais atuam, direta ou indiretamente, em todo o funcionamento do nosso organismo.

Equilíbrio do Organismo (Homeostase)

Resolvi tratar desse conceito separadamente devido à sua importância. Nosso corpo exige um equilíbrio em todas as reações para que funcione da melhor forma possível. Esse equilíbrio é chamado de homeostase. 

Outro fato importante é que todas essas coisas que falamos sobre o funcionamento do nosso organismo são dinâmicas, estão em constante movimento. Temos uma tendência a pensar nelas separadamente mas, para que a homeostase ocorra, tudo deve estar acontecendo ao mesmo tempo, se equilibrando. 

Pronto! Agora podemos seguir em frente.

As Vitaminas Sexuais

Para considerarmos as vitaminas como sendo “sexuais”, elas devem agir em processos ou sistemas que estão conectados à nossa libido, à produção dos hormônios sexuais, ao nosso desempenho físico ou aos benefícios gerados ao sistema circulatório. Outros pontos de ação podem surgir, mas vamos seguir essa linha de raciocínio.

vitaminas sexuais modificam sua saúde de uma ótima forma

1 – Vitamina A:

Essa é uma das vitaminas que podem ser consideradas essenciais à nossa saúde sexual, já que ela está associada à produção de hormônios, controle da pressão arterial e do metabolismo energético.

Suas principais fontes são a cenoura, a gema do ovo, manga, mamão, espinafre e outras.

2 – Vitamina B12:

A produção de células vermelhas do sangue, as hemácias, está diretamente ligada à vitamina B12. Como as hemácias são responsáveis por levar o oxigênio aos nossos tecidos, nosso desempenho muscular também depende dessa vitamina. Além disso, a vitamina B12 também está ligada à homocisteína e a saúde geral do nosso sistema circulatório.

Algumas de suas fontes são ovos, peixes, queijo e carne vermelha.

3 – Vitamina C

A vitamina, também conhecida como ácido ascórbico, é uma das mais conhecidas e, sem dúvidas, uma das que possui a maior quantidade de funções, força muscular e disposição são exemplos.Além disso, é um importante antioxidante, que atua no combate aos radicais livres e o “estresse oxidativo”, capaz de causar diversas doenças vasculares. Ela também é protagonista no sistema cognitivo, sendo encontrada em grandes concentrações no tecido cerebral. Em resumo: força muscular, sistema circulatório e cognição.

Temos um artigo dedicado somente à vitamina C, caso queira conhecer um pouco mais.

4 – Vitamina B6:

Ajuda no controle da prolactina em mulheres. Esse hormônio, quando em grande quantidade, causa diversos distúrbios metabólicos e um dos sintomas mais conhecidos é a diminuição da libido.

A B6 pode ser encontrada na cerveja, no melado, nos ovos e no leite.

5 – Vitamina E:

Outra das vitaminas cheia de diferentes funções, a vitamina E é muito conhecida por seu poder antioxidante e, consequentemente, na saúde vascular geral. Também atua na produção de hormônios e na sinalização celular. 

Suas fontes mais conhecidas são sementes de girassol, castanhas, amendoim e milho.

6 – Zinco

Apesar de pouco conhecido, o zinco é um mineral com funções muito importantes em nosso corpo. Uma delas é na produção da Testosterona, hormônio com influência direta em nossa saúde sexual. E, uma coisa importante: Testosterona não é um hormônio masculino, como muitos pensam. As mulheres também o produzem, mesmo que em pequena quantidade, e têm consequências em seu organismo quando ele se encontra em níveis muito baixos.

Pode ser encontrado em ostras, soja, alguns tipos de carne, ovos e aveia.

7 – Vitamina B3 (Niacina)

O principal papel da niacina é no controle do colesterol, já que ela induz a produção de colesterol HDL. E o aumento na produção do HDL é excelente para o sistema circulatório e, consequentemente, para nossa vida sexual.

Fontes conhecidas incluem leite, ovos, leveduras, carnes e vegetais.

8 – Selênio:

O mineral selênio também é antioxidante e, como vimos, isso significa que ele melhora o nosso sistema circulatório. Mas, além disso, ele tem papel importante na tireóide e na produção dos seus hormônios. Aqui entra o conceito de homeostase, de equilíbrio: se um hormônio da tireóide ficar com seus níveis baixos, outros hormônios terão seu metabolismo alterado, incluindo os hormônios sexuais.

9 – Magnésio:

Esse mineral participa de mais de 300 reações bioquímicas em nosso corpo e, assim, gera vários benefícios. Ele potencializa  as funções cerebrais, fortalece os ossos, previne enxaquecas e dores de cabeça, diminui as cólicas menstruais e o risco de hipertensão são alguns deles.

Suas fontes são o abacate, o arroz integral, couve, trigo, aveia e outras.

Equilíbrio (De novo…)

Viu a variedade de nutrientes envolvidos em sua vida sexual?

Tudo isso que foi falado no artigo acontece o tempo todo, de forma a se manter equilibrado. Equilíbrio sempre vai ser a melhor ação para a sua saúde. Isso se aplica na sua alimentação, que deve ser sempre balanceada e incluir todos os tipos de alimento, mas também em outras áreas da sua vida. Mantenha hábitos saudáveis, pratique exercícios físicos e durma bem. Equilíbrio!

As Vitaminas Sexuais e a Suplementação

Essa é uma pergunta que eu sempre ouço. Suplementos vitamínicos realmente funcionam?

Claro que funcionam! Se você acha que não se alimenta bem o suficiente, ou que não consegue adquirir uma grande variedade de nutrientes, busque orientação profissional com um médico ou nutricionista e use suplementos. Eles irão suprir todas as suas necessidades com os nutrientes e te ajudarão a alcançar uma vida mais saudável.

Visite o nosso site, caso queira conhecer o nosso polivitamínico Multi-V. 

As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e, portanto, não devem substituir orientações de profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Sendo assim, procure sempre o aconselhamento do seu médico ou nutricionista com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura de ajuda por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da MAKAI®.

(Visited 42 times, 1 visits today)